Skip directly to content

REFLETIR SOBRE O MEU PLANO FINANCEIRO E O MEU PLANO DE CUIDADOS

REFLETIR SOBRE O MEU PLANO FINANCEIRO E O MEU PLANO DE CUIDADOS

 

 

Tenho direito a apoio financeiro se fizer uma pausa no trabalho ou desistir por completo?

Mesmo que já não consiga fazer o seu trabalho ou se reduzir o seu horário de trabalho, poderá ter direito a um subsídio por incapacidade ou outras formas de apoio financeiro. Isto poderá ajudá-la a sustentar-se a si e/ou à sua família.

Na secção de Recursos pode consultar mais informação.

Os doentes oncológicos estão protegidos pela legislação vigente tendo direito a isenções/benefícios, tais como, a isenção de taxas moderadoras, comparticipação de medicamentos e próteses, atribuição de subsidio por doença, benefícios sociais a nível do IRS, imposto sobre veículos ou crédito de habitação. O primeiro passo é obter o Atestado Médico de Incapacidade Multiuso.

Tenho de fazer um testamento?

A elaboração de um testamento pode ajudá-la a garantir que os seus bens financeiros e pessoais são distribuídos ou investidos de acordo com os seus desejos. Poderá ser útil assegurar que todos os documentos importantes, como extratos financeiros, escrituras e seguros, estão organizados em local seguro, onde alguém que lhe é próximo possa aceder.

 

As instruções escritas que informam os outros sobre que tipo de cuidados deseja ter em caso de doença grave são chamados “testamentos vitais”. Um testamento vital regista os seus desejos em termos de cuidados de fim de vida, no caso de não estar em condições de falar por si.

  • Assegure-se que o seu médico e famíliares leram o seu testamento vital e que compreendem as suas instruções. Por vezes, as pessoas mudam de ideias à medida que envelhecem ou após adoecerem. Ocasionalmente, reveja as suas disposições  para assegurar que se mantêm ou que necessitam de alterações. Não se esqueça de conversar com o seu médico se efetuar alterações.

É importante falar com um consultor financeiro ou advogado para o devido aconselhamento sobre testamentos e outras matérias financeiras.

Preciso de tomar decisões no que toca a disposições finais?

O planeamento antecipado para quando o momento chegar é uma decisão que lhe cabe apenas a si. Poderá ajudar conversar com os seus entes queridos e informá-los das suas decisões sobre como gostaria que a sua vida fosse celebrada e recordada.

Estas são conversas difíceis e poderá necessitar do apoio de profissionais para a tomada destas decisões.

yellow